Há coisas maravilhosas não há?

Há coisas maravilhosas não há? Melhor que isto só uma imperial com tremoços….(tou a brincar) LOL

Também te amo muito faneco 🙂 e SIM vamos!

(fotografia de Diogo Rodrigues)

Vedetas por um dia

Aposto que estão em pulgas para saber como correu o nosso trash the dress…Só vos digo: ADOREI! Só o facto de ter oportunidade de vestir outra vez o meu vestido de noiva, já torna tudo espectacular 🙂

Ainda não eram 7h da manhã e noite escura, já estavamos em plena Avenida da Liberdade. Como ainda não tinhamos tomado o pequeno almoço decidimos ir à caça de uma pastelaria, e assim foi, Suiça com eles, comemos, sentimos alguns olhares curiosos, e fomos embora até ao ponto de encontro ter com os fotógrafos. Enquanto fui e voltei posso dizer que com a cauda do meu vestido consegui rapinar uns quantos copos de cerveja vazios, duas caixas de nuggets, algumas (muitas) caricas, alguns vidros, folhas secas às paletes e até um cabo de alta tensão!!! Uma alegria 🙂 Era agora altura de começar a posar…e posamos, rimos, divertimo-nos muito, vão sair umas fotos e um filme fantásticos tenho a certeza! O sol começava a nascer e as pessoas a aparecer nas ruas, houve de tudo, olhares, pessoas a pedirem para tirar fotos connosco, buzinadelas de carros, tudo tudo!

Não vou fazer a descrição exaustiva do dia, mas posso-vos dizer, que foi uma experiência muito gira, e ao contrário do que as pessoas pensam, sujar o vestido e andar com ele sobre ruas sujas e poças de água não é nada do outro mundo! Afinal de contas foi o vestido do meu casamento, é pra usar e gozar até poder, depois lava-se e guarda-se 🙂 Eu até tive direito a uma cagadela de pombo no meu, tou a imaginar o pombo – ‘hmm que vestido tão branquinho e fofinho pra mandar um cocózinho..’ e pronto mandou mesmo!

E agora vou descansar porque a manhã foi cansativa, e tou cheia de alergia outra vez! Sim, porque eu faço alergia ao meu vestido de noiva lol (espero que isto não queira dizer nada!) eheh

🙂

coisas com e sem sentido

tou a cair de sono, e ainda são 21h58. já jantei, já pintei, e já estou sentada a petiscar umas séries na televisão na companhia do mais que tudo. Estou cansada. Ontem foi um dia dificil, estava especialmente rabujenta, sensivel e pouco recomendável. Hoje tou melhor, mas apetecia-me dormir 24 horas seguidas.

Mas falando de coisas melhores, hoje abrimos a época do magusto cá em casa, assamos xóriço, assamos castanhas e à falta de água pé compramos um vinho no café do bairro e fizemos a festa! Foi muito bom.

Daqui a uns dias (não muitos) vou inaugurar a minha lojinha online, feita pelo faneco, onde vou mostrar as coisinhas que tenho andado a fazer e depois ‘faxavor’ de comprar sim??!

E agora perguntam vocês: e planos pro fim de semana faneca? (Não perguntam mas eu quero dizer…eheh)  Ora no sábado quero ver se não faço nenhum, ou melhor – NADA. No domingo (para compensar) às 07 da matina já estarei em frente ao Hard Rock café em Lisboa vestida com o vestido mais  lindo e mais caro que alguma vez vesti (o de noiva, claro), e preparadissima para uma sessão trash the dress, sim isso mesmo, dar cabo do vestido (mas só um bocadinho) e fazer umas fotos e filme fantásticos com o faneco, na companhia de amigos fotógrafos e dos VideoArt – os melhores dos melhores nos filmes!

Por isso não saia do seu lugar, voltamos a seguir a curto intervalo!