Dica saborosa – Croissants

Para desanuviar e porque tinha prometido, aqui vai a fórmula secreta para fazer uns croissants caseiros enquanto ‘o diabo esfrega um olho’, que é como quem diz 10/15 min.

O que precisam é de uma base de massa folhada, daquelas que se compram no supermercado por 1 euro, ou então se forem masoquistas podem fazer massinha caseira, mas ai esqueçam a parte dos 10/15 minutos….eheheh

Estendem a massa que tem formato redondo e começam a cortar do centro para as pontas como se tivessem a cortar fatias de pizza. Depois cada um desses triãngulos enrolam da parte mais larga para a parte mais estreita e voilá temos o formato de um croissant.

Opção: antes de enrolarem a massa podem por lá dentro uma noz de compota, ou chocolate ou até doce de ovos.

Enrolada a massa vai sobre papel vegetal ao forno durante ai uns 10 minutinhos, no meu caso foi o tempo de ir ate ao sofá ver o genérico dos simpsons e quando voltei para os espreitar já estavam prontos!

Fica aqui esta sugestão práctica e fácil de fazer para o lanche. E ideal para quando recebemos visitas de surpresa, porque é rápido e fácil de fazer!!

Outra vez Morangos.

Mais uma vez excesso de produção de morangos, e antes que apodreçam vou treinando nas lides da doçaria!

Desta vez fiz mousse de morango, receita básica e facílima de fazer:

300 gr de morangos lavados e sem pé.

1 lata de leite condensado

1 gelatina de morango (feita só com 250 gr de água)

Faz-se a gelatina e depois juntam-se os morangos e o leite condensado. Mete-se a varinha até ficarem os morangos todos moidos. Vai ao frigorifico por duas horas e pronto está pronta a comer!!

Bom apetite 🙂

Tomates da Faneca.

Desde que começamos a ter tomates, que os nossos tomateiros não pararam de dar.

Conclusão: excesso de tomates cá por casa…sem saber o que lhes fazer, pesquisei e encontrei uma receita de polpa de tomate caseira, fácil de fazer  e que se for boa, é uma boa solução de aproveitamento dos recuros da nossa horta!

Ora aqui vai:

Tomates maduros

3 folhas de louro

1 cebola grande

pimenta moida

alho em pó

azeite

salsa

Faz-se um refogado com o azeite, o louro e a cebola partida aos bocados e depois juntam-se os tomates, previamente descascados e partidos aos quartos. Juntam-se o alho em pó, a salsa, a pimenta e deixa-se estar ao lume por 2 horas (ir mexendo de vez em quando). Passadas as duas horas, retiram-se as folhas de louro e passa-se com a varinha.

Ainda quente colocam-se em frascos esterilizados.

Para conservar a polpa acrescentei uma camada fina de azeite dentro do frasco…e guardei no frigorifico!

Foi a primeira vez que fiz esta experiência, não sei se será bom ou não, mas lá que cheirava bem, cheirava!!

Se quiserem saber mais sobre a nossa horta é só visitarem o blog do Faneco:

http://coisas.rechena.com

O Meu Primeiro Bolo ‘à séria’.

Pois é, o inesperado aconteceu. Fiz um bolo, à séria, não é dos pacotes, foi mesmo todo feitinho por mim, misturei os ovos, a farinha e os coisos todos… e querem saber? Está um must. Lindo lindo como só ele, e com um cheirinho maravilhoso!

Bolo de iogurte!! 🙂