Ter uma despensa bonita faz a Faneca feliz.

Já cá vivemos há mais de um ano e a despensa é um sitio que achava estar mal aproveitado. Logo de inicio compraram-se umas prateleiras, para por as mercearias, mas estava tudo com um ar um pouco inacabado, como podem ver:

Antes


Ora o Faneco que também gosta de ter tudo nos trinques, aproveitou eu não estar em casa e revolucionou aquilo tudo, ao género do “Querida, mudei a despensa”, e acreditem que ficou um espectáculo!!

Depois


Mais espaço para as mercearias, os mini ecopontos, detergentes, vassoura, esfregonas, tudo!! O toque final foi mesmo acrescentar a prateleira para os livros de culinária e jogos de tabuleiro que andavam sempre no móvel da copa de trapo em cesto. E voilá:

E assim com pouco dinheiro e alguma imaginação se conseguiu uma despensa que até dá vontade de ter sempre a porta aberta 🙂

tou aqui.

Hoje aconteceu uma coisa que não acontecia há muito tempo. Acordei às 11.30 🙂 Acordei às 8h quando o Faneco saiu e fiquei-me na cama a ver séries até voltar a adormecer – o que não demorou nadinha.

Depois de ter fito algumas coisas indispensáveis, estou neste momento deitada no sofá a ver desenhos animados, a blogar e a pensar como seria bom ir aspirar e lavar o chão, ou então ir passar a ferro, já decorei a casa com cortinados, tapetes e toalheiros, já fui ao gato preto e até já fui meter gasolina no carro…e vejam bem que daqui deitada até já fiz um bolo de limão – só a imaginar. No fundo no fundo não fiz nada, mas fiz muito, estou a descansar e a aproveitar o silêncio que às vezes faz falta. Aqueles momentos só para nós que nos sabem a spa altamente xpto. É isso. Hoje estou no meu Spa 🙂

Bom fim de semana.

Home Sweet Home

Depois de um passado onde vivi em 5 casas diferentes…

…faz hoje precisamente 8 meses, que circulava nas ruas do Barreiro uma Citroen Xsara com um colchão de 2.00×2.20 em cima, preso por umas miseras cordas.

E que significa isso por acaso? Bem foi o dia da escritura da nossa casa, e por isso entendemos que haviamos de lá ir dormir, para festejar o “parto” dificil que foi a compra, só tinhamos o colchão mas afinal de contas tinhamos o essencial!

O que quero dizer é que adoro a minha (nossa) casa e o que me faz adorá-la mais é o facto de estarmos lá os dois a viver! Adoro sair de manhã e saber que no fim do dia lá vou regressar, é o nosso refúgio, onde partilhamos as histórias do nosso dia, onde rimos, jogamos, vemos filmes de empreitada, cozinhamos jantarinhos românticos só porque sim.

Adoro a nossa casa e adoro-te a ti!

Nota: este desenho fofinho pretende retratar a casa de que se fala,  foi feito no Sketch Book do meu iphone4, com a minha caneta ‘pogo sketch’, e não corresponde nada à realidade 😉