Pickles Caseiros

Este ano resolvemos plantar na nossa horta couve-flor. De inicio não estávamos muito esperançados que as couves vingassem mas mesmo assim conseguimos alguns ‘bouquets’ de couve-flor 🙂

Posto isto, o Faneco propôs….e que tal fazermos pickles? 😉 Achei uma óptima ideia e pús mãos à obra. Como cá por casa os piclkes preferidos são mesmo a couve-flor e a cenoura, foi desses que fizemos, apesar de as cenouras não serem da nossa produção, porque ainda não estão prontas a colher.

Pesquisei a receita, e é muito simples. Basicamente cortam-se os legumes aos bocadinhos pequenos, depois esterilizam-se os frascos de vidro e tampas e é encher. A seguir pomos uma colher de sopa de sal, 2 dentes de alho, louro, pimenta a gosto, enchem-se os frascos com vinagre e no fim sela-se com um pouco de azeite. Guarda-se no frigorifico durante uma semana e depois estão prontos a provar 😉

Facílimo não é? Já estou a imaginar uns lombinhos com pickles para a semana 🙂

Dica saborosa – Croissants

Para desanuviar e porque tinha prometido, aqui vai a fórmula secreta para fazer uns croissants caseiros enquanto ‘o diabo esfrega um olho’, que é como quem diz 10/15 min.

O que precisam é de uma base de massa folhada, daquelas que se compram no supermercado por 1 euro, ou então se forem masoquistas podem fazer massinha caseira, mas ai esqueçam a parte dos 10/15 minutos….eheheh

Estendem a massa que tem formato redondo e começam a cortar do centro para as pontas como se tivessem a cortar fatias de pizza. Depois cada um desses triãngulos enrolam da parte mais larga para a parte mais estreita e voilá temos o formato de um croissant.

Opção: antes de enrolarem a massa podem por lá dentro uma noz de compota, ou chocolate ou até doce de ovos.

Enrolada a massa vai sobre papel vegetal ao forno durante ai uns 10 minutinhos, no meu caso foi o tempo de ir ate ao sofá ver o genérico dos simpsons e quando voltei para os espreitar já estavam prontos!

Fica aqui esta sugestão práctica e fácil de fazer para o lanche. E ideal para quando recebemos visitas de surpresa, porque é rápido e fácil de fazer!!

Outra vez Morangos.

Mais uma vez excesso de produção de morangos, e antes que apodreçam vou treinando nas lides da doçaria!

Desta vez fiz mousse de morango, receita básica e facílima de fazer:

300 gr de morangos lavados e sem pé.

1 lata de leite condensado

1 gelatina de morango (feita só com 250 gr de água)

Faz-se a gelatina e depois juntam-se os morangos e o leite condensado. Mete-se a varinha até ficarem os morangos todos moidos. Vai ao frigorifico por duas horas e pronto está pronta a comer!!

Bom apetite 🙂

Tomates da Faneca.

Desde que começamos a ter tomates, que os nossos tomateiros não pararam de dar.

Conclusão: excesso de tomates cá por casa…sem saber o que lhes fazer, pesquisei e encontrei uma receita de polpa de tomate caseira, fácil de fazer  e que se for boa, é uma boa solução de aproveitamento dos recuros da nossa horta!

Ora aqui vai:

Tomates maduros

3 folhas de louro

1 cebola grande

pimenta moida

alho em pó

azeite

salsa

Faz-se um refogado com o azeite, o louro e a cebola partida aos bocados e depois juntam-se os tomates, previamente descascados e partidos aos quartos. Juntam-se o alho em pó, a salsa, a pimenta e deixa-se estar ao lume por 2 horas (ir mexendo de vez em quando). Passadas as duas horas, retiram-se as folhas de louro e passa-se com a varinha.

Ainda quente colocam-se em frascos esterilizados.

Para conservar a polpa acrescentei uma camada fina de azeite dentro do frasco…e guardei no frigorifico!

Foi a primeira vez que fiz esta experiência, não sei se será bom ou não, mas lá que cheirava bem, cheirava!!

Se quiserem saber mais sobre a nossa horta é só visitarem o blog do Faneco:

http://coisas.rechena.com

Gelado de Morango caseiro.

Aproveitei o facto do fim de semana ser grande, e ter alguma quantidade de morangos (da nossa horta) em excesso para fazer gelado de morango caseiro.

Após fazer uma pesquisa pela net, rapidamente  encontrei uma receita simples de gelado 🙂

E assim foi, sem grandes tarecos, loiça, bimbys e máquinas xpto, em menos de nada estava o gelado feito, com uma receita adaptada à minha realidade e aos ingredientes que tinha em casa. Ainda dei o meu toque e decorei com frutos vermelhos (eu e os frutos vermelhos eheheh).

E melhor que tudo, ouvi o melhor elogio que podia esperar do marido: ‘Este gelado é igualzinho ao que a minha avó fazia’ – Parece que estou aprovada não? 😉

Se quiserem saber a receita já sabem, mandei mail no comentário, que terei todo o gosto em enviar!

O aspecto é este:

Ensina-me…a preparar um Mojito.

Ah pois é!! Como estou de partida para férias, o ‘ensina-me’ desta semana é alusivo a uma bebida que me faz sempre lembrar as férias e que eu adoro…o Mojito!

Então vamos a isso:

– 6 folhas de menta

– 1 1/2 colheres de sopa de xarope simples

– 1 colher de sopa de sumo de lima

– 60 ml de rum branco

– 60 ml de gasosa

– 2 gomos de lima para guarnecer.

E já está 🙂 Ponham gelo e deliciem-se com esta maravilhosa bebida!!

Ensina-me…a fazer sangue falso.

Ora bem, escolhi para primeiro ‘ensina-me’, algo engraçado e que pode dar muito jeito nas festas de Carnaval e Halloween 🙂

Como se faz sangue falso?

Precisam de:

– 240 ml de xarope de milho

–  corante vermelho

–  corante verde

– 1 copo

– 1 colher

Preparar:

Por no copo o xarope de milho, em seguida 10 gotas de corante vermelho, 1 gota de corante verde. Mistura-se bem e já está!! Sangue falso e fantástico 🙂

Agora, tenham cuidado com as partidas que vão fazer e não assustem demasiado as pessoas…eheheh

Rubrica – Ensina-me

Este foi um presente do Faneco. Um livro que já andava a namorar há algum tempo, que basicamente ensina a fazer coisas básicas (e outras menos básicas) da vida!

São perto de 500 instruções prácticas, com ilustrações fantásticas de como fazer coisas, tais como:

– Plantar uma árvore;

– Fazer uma bainha de umas calças;

– sobreviver a um ataque de um crocodilo;

– ou até mesmo, como fazer o famoso passo de dança moonwalk…

Como podem ver o conteúdo é variado, arrojado e quero acreditar que vai ser um livro útil e para ler em familia!

Por isso mesmo resolvi (e se não concordarem digam, mas pouco importa porque o blog é meu :)) criar uma rúbrica semanal no blog: ‘Ensina-me’, todas as sextas-feiras vai sair um post a ensinar uma coisa nova! Se por ventura houver algo que queiram ver ‘ensinado’ na rúbrica, façam o favor de sugerir 🙂

Para quem não tiver pachorra para esperar pela rúbrica semanal e queira comprar o livro aqui vai:

Ensina-me! – Instruções para a Vida, Editorial Estampa

Derek Fagerstrom/Lauren Smith

Um recurso indispensável, abrangente, recheado de ilustrações fantásticas e uma espantosa riqueza de informação * Instruções simples, passo a passo, para fazer 492 coisas práticas que todos precisam saber (e oito coisas que nenhuma pessoa sensível deve fazer) * Soluções fáceis de entender, tanto para questões práticas do dia-a-dia como para outras, extraordinárias ou invulgares * Divertido, fácil de consultar e absolutamente viciante.

Não percam hoje à noite a primeira rúbrica 🙂 Estão curiosos?