Gelado.

 

 

Tenho a impressão que hoje não me escapo sem comer um geladinho…ai tenho tenho 😛

Pilates.parteII

Só para dizer que ADOREI!!! Tenho para mim que amanhã me devem doer os ossinhos e vértebras todas que existem e que eu pensava não existirem no meu corpo…mas a sério…Compensa, porque é muito bom mesmo!!

Agora vamos ver se todos aqueles abdominais resultam…Esta posição da foto por exemplo…custa para xuxu e é claro que não a faço com toda esta elegância e leveza, mas em breve chego lá minha gente 🙂

Posso dizer que a Faneca ficou fã do Pilates (tal e qual a minha Madonnita….)

Faneca no Pilates.

Amanhã vou experimentar Pilates. Vocês ja experimentaram, que me dizem? Contem-me as vossas experiências! 😀

Gelado de Morango caseiro.

Aproveitei o facto do fim de semana ser grande, e ter alguma quantidade de morangos (da nossa horta) em excesso para fazer gelado de morango caseiro.

Após fazer uma pesquisa pela net, rapidamente  encontrei uma receita simples de gelado 🙂

E assim foi, sem grandes tarecos, loiça, bimbys e máquinas xpto, em menos de nada estava o gelado feito, com uma receita adaptada à minha realidade e aos ingredientes que tinha em casa. Ainda dei o meu toque e decorei com frutos vermelhos (eu e os frutos vermelhos eheheh).

E melhor que tudo, ouvi o melhor elogio que podia esperar do marido: ‘Este gelado é igualzinho ao que a minha avó fazia’ – Parece que estou aprovada não? 😉

Se quiserem saber a receita já sabem, mandei mail no comentário, que terei todo o gosto em enviar!

O aspecto é este:

Metereologia!

Hoje fui lavar o carro!

Portanto ou amanhã chove ou vai haver uma tempestade de areia…já sabem! LOL

Passatempos Festa sem Espuma.

Pois é, e depois de ter ganho o shower Gel e o bath Gel Strawberry da The Body Shop, vou tentar  a minha sorte novamente neste fantástico passatempo do Blog Festa sem Espuma!

E vocês não vão concorrer para ganhar um fantástico pincel da Elf para blushing, bronzing e blending?

***

Faneca desassossegada.

Ando por aqui mas ando mais para o desassossegada.

“A maioria pensa com a sensibilidade, eu sinto com o pensamento. Para o homem vulgar, sentir é viver e pensar é saber viver. Para mim, pensar é viver e sentir não é mais que o alimento de pensar.” FP